Sistema Eletrônico de Administração de Conferências ANCIB, XXII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

Tamanho da fonte: 
PERFORMANCE, DOCUMENTO E DOCUMENTO DE ARQUIVO: RELAÇÕES CONCEITUAIS
Ana Cláudia Lara Coelho Aranha, Elisabete Gonçalves Souza, Vitor Manoel Marques da Fonseca

Última alteração: 2022-12-07

Resumo


O artigo propõe aproximações entre os conceitos de performance, documento e documento de arquivo, a fim de identificar possíveis ligações entre esses conceitos nos domínios dos estudos da Documentação, da Ciência da Informação e da Arquivologia. Para tal, apresenta as definições desses termos a partir de teóricos da performance (Peggy Phelan, Jorge Glusberg, Regina Melim e Renato Cohen), da Ciência da Informação (Michael Buckland), da Documentação (Suzanne Briet) e da Arquivologia (Heloísa Liberalli Bellotto, Ana Maria de Almeida Camargo e Bruno Delmas). Em seguida, aponta aproximações entre performance e documento por meio da definição de evento e das evidências que estes podem gerar. As aproximações com documento de arquivo se dão a partir da inclusão de objetos como evidências de caráter arquivístico. Também traz algumas visões de teóricos da arte sobre o papel dos registros nessa manifestação artística. Conclui-se que essas relações são pertinentes, pois permitem a percepção da performance como uma ação passível de registro documental e arquivístico, úteis para informar e auxiliar a produção de conhecimento sobre essa manifestação artística.

Palavras-chave


Performance; Documento; Documento de Arquivo; Evento; Evidência.

Texto completo: PDF